gototop

Produtos Perigosos

Produtos perigosos são os de origem química, biológica ou radiológica que apresentam um risco potencial à vida, à saúde e ao meio ambiente, em caso de vazamento. O grande avanço tecnológico, cada vez mais rápido, tem aumentado a quantidade e a variedade de produtos químicos em uso o que, por sua vez, aumenta a possibilidade e a gravidade dos acidentes. Os acidentes podem acontecer durante a fabricação e o processamento, o transporte, a estocagem e o descarte.


INCIDENTES COM PRODUTOS PERIGOSOS


Tais incidentes podem acontecer, basicamente, de duas maneiras:

  • Derramamento acidental; e
  • Depósito clandestino.

O derramamento acidental pode acontecer em decorrência de um acidente ou incêndio em instalações ou veículos, falha em processo ou equipamento industrial ou ainda por ação deliberada.


FIGURAS

As consequências de um derramamento são a potencial contaminação do ambiente, passando daí para os seres vivos. Esta contaminação ambiental ocorre também quando produtos perigosos sem utilidade são abandonados ou despejados sem quaisquer precauções.
Há que contar sempre com a ignorância de algumas pessoas que, em muitas ocasiões, pode criar ou agravar uma situação de risco.


COMO IDENTIFICAR PRODUTOS PERIGOSOS

É muito difícil, senão impossível, mesmo para um técnico, identificar, num relance, se um determinado líquido, pó, fumaça ou sólido é um dos chamados produtos perigosos. A imprudência (ou azar) de algumas pessoas, tocando, inalando ou até mesmo ingerindo um destes produtos, acaba com a dúvida, com o aparecimento dos sinais e sintomas de queimaduras ou intoxicações.

Para sanar estas dúvidas e aumentar a segurança dos seres vivos e do ambiente, a Organização das Nações Unidas criou um sistema de identificação para os produtos perigosos.
Cada produto recebeu um número de quatro algarismos, sendo agrupados em nove classes, conforme a similaridade.


· Explosivos
· Gases Comprimidos
· Líquidos Inflamáveis
· Inflamáveis
· Substâncias Oxidantes
· Substâncias Tóxicas e Infectantes
· Substâncias Radioativas
· Corrosivos


A identificação dos produtos perigosos é feita pela aplicação de um rótulo (pictórico) e um painel (numérico) em portas de salas ou depósitos, áreas de processamento, tanques, tambores, garrafas e veículos transportadores para indicar precisamente qual é o produto.

SINAIS DE PERIGO

Quando os piratas percorriam os mares em seus galeões, desfraldavam bandeira negra com uma caveira sobre duas tíbias que simbolizam o perigo que corriam os navios mercantes e as cidades litorâneas.

Com o correr do tempo, os piratas mudaram de profissão ou de métodos e a caveira com os ossos passou a sinalizar riscos oferecidos por venenos, explosivos, choque elétrico, etc.

O desenvolvimento tecnológico, no entanto, apontou uma relação direta e unívoca para o aumento consequente da simbologia utilizada.

Por iniciativa do ONU foi criado e adotado um sistema universal da identificação de riscos facilmente compreendido tanto por profissionais de emergências quanto pelo público em geral. Os símbolos são aplicados em embalagens, locais de processamento ou estocagem e veículos de transporte.

Apesar da abrangência do sistema da ONU, símbolos especiais têm sido criados para atender a necessidades especiais, como a carinha triste para afastar as crianças de frascos com produtos tóxicos.

Estes símbolos universais não esgotam as possibilidades. Outros meios de sinalização diariamente são usados por diversos serviços para indicar algum tipo de risco. Os painéis de madeira pintados com listras diagonais em vermelho e branco ou em amarelo e preto são comuns em construções ou em obras nas vias públicas.

A própria Defesa Civil tem seus símbolos de perigo instalados em caráter emergencial para preservar a vida e a integridade das pessoas. São os cones, as fitas e os cartazes de interdição.

 
VOCÊ EST? AQUI: Início Defesa Civil Alertas Preventivos Produtos Perigosos